Meu Deus eu Creio, Adoro, Espero e Amo-Vos. Peço-Vos perdão para todos aqueles que não creem, não adoram, não esperam e não Vos amam.

Translate

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Translate Formação Católica

07 setembro 2015

REALIDADE SEM LIMITES - COMENTÁRIO ELEISON - 164



REALIDADE SEM LIMITES
ELEISON COMMENTS CLXIV (04 de setembro de 2010)


“Mas, Excelência, como é possível o senhor declarar (EC 163) que o Bom Deus é a única solução verdadeira para todos os problemas sociais de uma grande cidade moderna, como aqueles que seu amigo apresentou em sua própria cidade, três semanas atrás? O que Deus tem a ver com política ou problemas sociais? Sempre pensei que Ele só estava preocupado com coisas como religião e espiritualidade!”

Ah, meu caro amigo, quem é Deus? Ele não somente criou por si mesmo a alma de cada um de nós e a matéria com a qual nossos pais formaram nossos corpos, mas Ele também continua criando-os a cada momento em que eles continuam e continuarão a existir. Ele está, portanto, mais próximo de cada um de nós seres humanos do que nós estamos de nós mesmos. Por isso, a Igreja ensina que qualquer ofensa contra o nosso próximo é em primeiro lugar e acima de tudo uma ofensa contra Deus, porque Ele está mais profunda e intimamente em nós do que nós em nós mesmos. Então, quem ofende o próximo, ofende mais profundamente a Deus, e quem nunca ofende a Deus não ofenderá o próximo. Se, então, na paróquia e na escola da Fraternidade de São Pio X (EC 163) os paroquianos e suas crianças aprendem a colocar Deus e seus Dez Mandamentos em primeiro lugar, não estão eles aprendendo a resolver pela raiz todos os problemas de uma cidade grande, entre um próximo e outro?

Recordemos os problemas sociais daquela grande cidade do meu amigo. Nos subúrbios distantes, pessoas geralmente brancas estão vivendo além de seus recursos em mansões falsamente luxuosas. Eles querem parecer ricos, e sonham em serem ricos. Não estão eles adorando o materialismo e a Mamom, ou seja, o dinheiro? Ao contrário, o que é ensinado na paróquia? “Não podeis servir a Deus e a Mamom.” (Mt.VI, 24). Nos subúrbios próximos, pessoas geralmente não-brancas negligenciam em grande medida suas casas, para o desespero dos planejadores da cidade, sem dúvida. Mas não é uma forma similar de materialismo medir a boa vida ou o bem das almas pela manutenção da própria casa? A limpeza e devoção andam de mãos dadas, como diz ditado inglês, e o que os paroquianos aprendem? – “Buscai primeiro o Reino de Deus e a Sua justiça, e tudo mais vos será acrescentado.” (Mt.VI, 33). Em outras palavras, buscai a devoção em primeiro lugar, e a limpeza virá como consequência.

Finalmente, no centro da cidade a vida de cidade industrial está desaparecendo. Por quê? Não foi o próprio capitalismo que, na busca por maiores lucros por meio da subordinação da indústria ao mercado financeiro, mandou para o exterior as indústrias americanas? Não é colocar o dinheiro antes do homem que está causando o desemprego sempre crescente, o despovoamento dos centros das cidades e a transferência de todo o poder para os homens do dinheiro que estão usando esse poder para transformar cada vez mais rápido a outrora orgulhosa nação dos Estados Unidos em apenas uma parte humilhada de seu estado policial global?

Como isso pôde acontecer? Devido aos brancos terem se afastado de Deus, renunciando (como insinuou meu amigo) à missão dada por Deus de liderar o mundo até Ele, e, em lugar de Deus, adorarem a Mamon como a realidade suprema. Que a pequena paróquia e escola da Fraternidade de São Pio X, mesmo longe da cidade, possam fazer por muito tempo que a supremacia de Deus, Nosso Senhor Jesus Cristo, seja uma realidade sem limites!

Kyrie eleison.

Nenhum comentário:

Postar um comentário