Meu Deus eu Creio, Adoro, Espero e Amo-Vos. Peço-Vos perdão para todos aqueles que não creem, não adoram, não esperam e não Vos amam.

Translate

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Translate Formação Católica

08 setembro 2015

ADEUS, WIMBLEDON - COMENTÁRIO ELEISON - 283

ADEUS, WIMBLEDON

ELEISON COMMENTS CCLXXXIII (283) – 15 de dezembro de 2012

Então, eu me mudei de Wimbledon, o que pelo menos corresponde à realidade da minha suposta "expulsão" da Fraternidade São Pio X. Mas a mudança não acontece sem tristeza, porque passei quase quatro anos lá depois da minha expulsão real da Argentina, e foram anos felizes, apesar de tudo. Talvez a felicidade principal tenha sido a companhia dos sacerdotes na sede da FSSPX na Inglaterra, a Saint George’s House. Eles têm sido muito boa companhia. Que Deus abençoe a cada um deles.

No entanto, uma coisa eu preciso dizer. As pessoas perguntam por que eu saí da Fraternidade. Eu não saí da Fraternidade. A Fraternidade me deixou, por ter abandonando os princípios pelos quais eu aderi a ela. Mais uma vez, o paralelo com o Concílio Vaticano II é exato. Assim como inúmeros padres católicos, religiosos e leigos foram abandonados pelos clérigos que optaram em 1960 pelo Concílio, um número de sacerdotes fiéis e leigos estão sendo abandonados na década de 2010 pelos líderes da Fraternidade, já que estes optaram por conduzi-los até a paz com seus "novos amigos em Roma" - citação do Primeiro Assistente da Fraternidade. A cegueira é chocante, para aqueles que conseguem ver. Eu acredito que esses líderes nunca tenham entendido ao visão do Arcebispo Lefebvre. Eles são frutos de sua época.

A única razão substancial dada por terem "expulsado" a mim foi a desobediência. Mas a única desobediência substancial da minha parte foi a recusa reiterada de fechar estes "Comentários Eleison". No entanto, quando eu perguntei ao Superior Geral em duas ocasiões diferentes para especificar que números precisos dos "Comentários" eram tão problemáticos, ele não me deu resposta em nenhuma das vezes, sem dúvida, porque ele teria que admitir que o problema real foi sobre o conteúdo, ou seja, a minha oposição resoluta à sua suicida aproximação da Roma Conciliar. Em vez disso, ele continua a fingir que o problema é de disciplina, desviando assim a atenção do verdadeiro problema. E eu não sou o primeiro sacerdote e não serei o último que ele trata desta maneira. Que Deus o ilumine. Ele corre o risco de perseguir a muitos de seus verdadeiros amigos, a fim de agradar a seus verdadeiros inimigos, assim como o Papa Paulo VI fez com o Arcebispo Lefebvre. Os paralelos nunca acabam. A Neo Igreja e a Neo Fraternidade são o mesmo mal de nossa época.

E agora? Eu tomei emprestado o apartamento de um amigo nas proximidades de Londres por algumas semanas, na melhor das hipóteses, ou por alguns meses, na pior das hipóteses, até que eu possa encontrar um imóvel adequado para alugar por 6 ou 12 meses. Nesse ponto, eu ainda não acredito em fazer quaisquer arranjos permanentes. Infelizmente não será fácil entrar em contato comigo porque meu amigo tem que ser discreto com seus vizinhos. Em qualquer caso, o correio tradicional vai chegar a mim através da P.O. Box 423, Deal CT14 4BF, England. (mas, por favor, não enviem cartões de Natal. Eu não envio nenhum). De 13 de dezembro a 3 de janeiro eu pretendo fazer uma visita apostólica ao Canadá e aos EUA, Deo volente, e imediatamente depois disso uma visita à França para a Festa da Epifania.

Também serão mudados alguns aspectos do modo como são publicadas as minhas palavras faladas e escritas. O formato e o método de entrega dos "Comentários Eleison" poderão mudar também, mas o que eu espero não mudar é a sua publicação todos os sábados durante o mês de dezembro e o Ano Novo. Obrigado por todas as suas contribuições para a Iniciativa St. Marcel. Em caso de vocês estarem preocupados, eu posso prometer-lhes que não foram desviadas. Feliz Natal.

Kyrie eleison

Nenhum comentário:

Postar um comentário