Meu Deus eu Creio, Adoro, Espero e Amo-Vos. Peço-Vos perdão para todos aqueles que não creem, não adoram, não esperam e não Vos amam.

Translate

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Translate Formação Católica

07 março 2018

O IDEAL CARMELITA - SANTA TERESA DE JESUS DOS ANDES



CONSIDERAM SUA VIDA INÚTIL

" O fim da carmelita me entusiasma: rogar pelos pecadores; passar a vida inteira sacrificando-se, sem ver jamais os frutos da oração e do sacrifício . Unir-se a Deus para que assim circule nela o sangue redentor, e comunicá-lo a Igreja, a seus membros, para que assim se santifiquem. Seu lema me entusiasma: "Sofrer e amar" (Santiago, Janeiro de 1919).

 Seu sacrifício é perpétuo, sem mitigação, desde que nasce para a vida religiosa, até que morre como vítima, a exemplo de Jesus Cristo. E tudo em silêncio, sem que ninguém o saiba. Quantos há que consideram sua vida inútil. Entretanto, ela é como o Cordeiro de Deus que leva os pecados do mundo. Sacrifica-se para que voltem ao redil as ovelhas extraviadas. Porém, assim como a Cristo não o conheceu o mundo, a ela tampouco ele conhece. Esta abnegação completa me encanta. Não há lugar para o amor próprio. Não vê nem sequer o fruto de sua oração. Só no Céu o saberá.

O fim a que se propõem é muito grande: rogar e santificar-se pelos pecadores e sacerdotes. Santificar-se a si mesma para que a seiva divina se comunique, pela união que existe entre os fiéis, a todos os membros da Igreja. Ela se imola sobre a cruz, e seu sangue cai sobre os pecadores, pedindo misericórdia e arrependimento. Cai sobre os sacerdotes santificando-os, já que na cruz está com Jesus, intimamente unida. Seu sangue está, pois, misturado com o divino.

A carmelita não pode possuir nada, o que faz que toda a capacidade de possuir seja preenchida só por Deus. Sendo pobre, assemelha-se mais ainda a seu Esposo Divino que não teve onde reclinar a sua cabeça. A carmelita só deve possuir a Deus.

(São Paulo, 3-2-1919).


Excerto do Livro; "Deus, alegria infinita". Santa Teresa de Jesus dos Andes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário