Meu Deus eu Creio, Adoro, Espero e Amo-Vos. Peço-Vos perdão para todos aqueles que não creem, não adoram, não esperam e não Vos amam.

Translate

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Translate Formação Católica

27 abril 2017

COMO SE DEVEM SUPORTAR TODOS OS TRABALHOS PELA VIDA ETERNA - IMITAÇÃO DE CRISTO



COMO SE DEVEM SUPORTAR TODOS OS TRABALHOS PELA VIDA ETERNA
IMITAÇÃO DE CRISTO - Capítulo XLVII


Filho, não esmoreças nos trabalhos empreendidos por amor de mim, nem te desalentes nas tribulações: mas em todos os acontecimentos a minha promessa te fortaleça e console.

Posso recompensar-te acima de todas as medidas e limites. Não trabalharás aqui muito tempo, nem estarás sempre acabrunhado de dores. Espera um pouco, verás o término dos teus males. Virá uma hora em que cessarão as tuas penas e angustias todas. Pouco e breve é tudo o que  passa com o tempo.

Faze bem o que fazes: trabalha fielmente na minha vinha: serei eu mesmo o teu galardão.
Escreve, lê, canta, geme, guarda silêncio, fala, sofre varonilmente as adversidades: de tudo isso é digna a vida eterna e de maiores combates ainda.

A paz virá um dia, que é do Senhor conhecido e não haverá mais dias e noites como no tempo presente, senão, perpétua luz, infinita claridade, firme paz, seguro repouso.

Então não dirás: Quem me livrará deste corpo de morte ? Nem exclamarás: Pobre de mim, que se prolonga o meu desterro !

Porque a morte será destruída e eterna será a salvação: livre de toda ansiedade, gozarás de jubilosa ventura, em meio de agradável e brilhante companhia.

0h !  Se visses as coroas imarcescíveis dos santos do céu, com quanta honra exultam agora aqueles que, outrora, o mundo desprezava e julgava indignos de viver!

Por certo que logo te prostrarias até o chão e preferirias estar sujeito a todos os homens, que mandar a um só.

Não cobiçarias os dias felizes desta terra, ao contrário, folgarias de ser atribulado por amor de Deus e considerarias grande vantagem ser tido por nada entre os homens.

0h! Se gostasses dessas coisas e penetrasses elas profundamente, o teu coração não ousarias uma vez, sequer, queixar-te?

Será pequena coisa perder o ganhar o reino de Deus ?

Levanta, pois, os olhos para o céu. Eis-me aqui com todos os meus santos que,neste mundo, sustentaram grandes combates e agora se sentem consolados, agora estão seguros, agora repousam e permanecerão para sempre comigo, no reino de meu Pai.


REFLEXÕES

Quando a vida nos parecer pesada, quando estivermos a ponto de sucumbir à tristeza do desterro, levantemos os olhos e contemplemos a aurora de nossa libertação, porque "este invólucro mortal vai se destruindo pouco a pouco, mas o homem interior renova-se dia a dia" (II Cor IV,16).

Esperemos, soframos em paz: a hora de descanso vem chegando. "As leves tribulações desta vida de um momento nos elevam sem medida, produzem em nós um peso eterno de glória". (2Cor IV,17).

Que importam algumas fadigas, alguns trabalhos na terra? Nós passamos e "Não temos aqui cidade permanente". Jesus foi diante de nós preparar-nos uma morada na casa de seu Pai; depois virá e nos tomará consigo para que onde Ele estiver estejamos nós também. Ó suspira como o servo sequioso deseja água das fontes". Vinde, não tardeis; longe de vós "estamos sentados na sombra da morte" (Hb VIII,14; Jo XIV 14,2,3; Sl 41,2; Lc I,79).

Apressai-vos, Senhor, fazei brilhar sobre nós a luz de vossa face, e guie-nos ela a celestial Jerusalém, ao pé do trono do Cordeiro. Ali, no transporte de amor, no imortal êxtase de alegria, os coros dos bem-aventurados misturados com os dos anjos celebram o Deus Santíssimo. E nós, Senhor, "na margem dos rios de Babilônia, choramos com saudades de Sião".

Consola-te minha alma, escuta; não ouves lá ao longe como o primeiro murmurio que anuncia a chegada do Esposo?

"Espera mais um pouco e vê-lo-ás, "mais um instante e nada podeá jamais separar-te dEle" (Sl 136,1 Jo 16,19).

Nenhum comentário:

Postar um comentário