Meu Deus eu Creio, Adoro, Espero e Amo-Vos. Peço-Vos perdão para todos aqueles que não creem, não adoram, não esperam e não Vos amam.

Translate

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Translate Formação Católica

11 setembro 2015

CHORO DOS SALMISTAS - COMENTÁRIO ELEISON - 388

CHORO DOS SALMISTAS
CCCXXXVIII (388) - (20 de dezembro de 2014)

Se nos tempos antigos o Povo de Deus pôs-se a por auxílio chorar.
Que se dirá dos dias de hoje – precisa ele gritar.

            A época da vinda de Nosso Redentor entre nós é certamente um momento adequado para lembrar-nos do quanto nós precisamos de Deus. É claro que sempre foi assim. Antes de Cristo, Deus veio ao cada vez mais perverso mundo pagão especialmente para os Israelitas com o Antigo Testamento a fim de preparar a chegada de Seu próprio Filho. Aqui está o Salmo 43, quase se aplica em sua integralidade tanto aos israelitas quanto aos católicos, os povos de Deus no Antigo e no Novo Testamentos (Tradução da Vulgata por Matos Soares, com títulos e parênteses acrescentados):

A. DEUS COSTUMAVA PROTEGER SEU POVO.

1 Ao mestre do coro. Dos filhos de Coré. Maskil. 2 Nós, ó Deus, ouvimos com os nossos próprios ouvidos, nossos pais contaram-nos a obra que fizeste nos seus dias nos tempos antigos. 3 Tu, com a tua mão, expulsas as gentes (pagãs), os estabeleceste a eles (nossos pais) [em seu lugar (dos pagãos)]; destruídas as nações os dilataste (nossos pais). 4 Porque não foi com a sua espada que conquistaram (nossos pais) este país, nem foi o seu braço que os salvou, mas a tua dextra e o teu braço, e a serenidade do teu rosto, porque os amaste. 5 Tu és o meu rei e o meu Deus, tu que deste as vitórias a Jacó. 6 Por ti rechaçamos os nossos adversários, e em teu nome calcamos os nossos agressores. 7 Porque não foi no meu arco que pus confiança, nem fui a minha espada que me salvou. 8 Mas foste tu que nos salvaste dos nossos adversários, e confundiste os que nos tinham ódio. 9 Em Deus nos gloriávamos sem cessar, e o teu nome celebrávamos sempre.

B. AGORA ELE OS REJEITOU.  

10 Mas tu agora repeliste-nos e cobriste-nos (israelitas) de confusão, já não sais, ó Deus, à frente dos nossos exércitos. 11 Fizeste-nos ceder diante dos nossos adversários, encheram-se de despojos. 12 Entregaste-nos como ovelhas para o matadouro, e dispersaste-nos entre as nações. 13 Vendeste o teu povo por preço vil e pouco lucraste em o ter vendido. 14 Tornaste-nos o opróbrio dos nossos vizinhos, e um objeto de escárnio e zombaria para aqueles que estão ao redor de nós. 15 Fizeste de nós a fábula das nações, os povos abanam a cabeça, escarnecendo de nós. 16 A minha ignomínia está todo o dia diante de mim, e o meu rosto cobre-se de confusão, 17 à voz do que me afronta e vitupera, por causa do inimigo e do opressor.

C. NÓS AINDA SOMOS FIÉIS.

18 Todas estas coisas vieram sobre nós, e, ainda assim, não nos temos esquecido de ti, nem violamos o teu pacto (mosaico). 19 Nem o nosso coração tornou atrás [para seguir os falsos deuses], nem se desviaram os nossos passos do teu caminho. 20 Quando nos humilhaste no lugar da aflição, e nos cobriste de trevas. 21 Se tivéssemos esquecido o nome do nosso Deus, e tivéssemos estendido as mãos para algum deus estranho, 22 porventura Deus não teria averiguado tudo isto? Ele que conhece os segredos do coração.

D. Ó DEUS, VINDE EM NOSSO AUXÍLIO!

23 Mas, por amor de ti, somos entregues à morte todos os dias, somos considerados como ovelhas para o matadouro. 24 Desperta! Por que dormes, Senhor? Acorda! Não nos rejeites para sempre! 25 Porque escondes o teu rosto? [Por que] te esqueces da nossa miséria e da nossa opressão? 26 Porquanto a nossa alma está humilhada até ao pó, e o nosso peito está como que pegado à terra. 27 Levanta-te, Senhor, em nosso auxílio, e livra-nos pela tua misericórdia. (Fim do Salmo 43.)

            Em outras palavras, houve um tempo em que Deus elevou Sua Igreja Católica a grandes alturas. Mas hoje ela está se fazendo o motivo de riso do mundo, ao ponto de alguém poder quase ter vergonha de ser um católico. No entanto, ainda existem católicos fiéis. Ó Deus, vinde em seu auxílio! Ó Deus, vinde em nosso auxílio!


Kyrie eleison.

Nenhum comentário:

Postar um comentário